Translate

quinta-feira, dezembro 11, 2014

David Ferrer confirma participação no Rio Open 2015

David Ferrer se junta a Nadal e é mais uma grande
atração do Rio Open 2015. (Foto: Ahebrasil)
O espanhol David Ferrer, atual 10º colocado no ranking da ATP, se junta a Rafael Nadal e voltará ao Rio de Janeiro em 2015. A IMX, organizadora do evento, confirmou nesta quinta-feira (11) que Ferrer disputará a segunda edição do Rio Open, que acontecerá novamente no Jockey Club Brasileiro, de dia 16 a 22 de fevereiro, com disputas simultâneas de um ATP World Tour 500 e de uma etapa do WTA International.
Em 2014, Ferrer, cabeça-de-chave No. 2 do Rio Open, fez uma grande campanha, eliminando o brasileiro Thomaz Bellucci nas quartas-de-final por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/3. Na semifinal caiu perante o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 0 (6/4 e 6/4), perdendo a chance de reeditar a final de Roland Garros de 2013 contra seu compatriota, Rafael Nadal, campeão do torneio, que também está confirmado para a edição de 2015 do Rio Open.
“Estou muito ansioso para retornar ao Rio Open no ano que vem. Este torneio é extremamente bem organizado, o Rio de Janeiro é lindo, e a atmosfera criada pelo público faz do Rio Open um dos torneios mais memoráveis do ano pra mim”, disse David Ferrer.
O espanhol é conhecido no circuito mundial por ser um “homem de ferro”, pelo seu físico invejável e espírito de luta, nunca desistindo de nenhuma bola e lutando pela vitória até o último ponto.  Ele, que já chegou ao 3o. posto no ranking mundial, em 2013, pouco tempo após o vice-campeonato de Roland Garros, tem no currículo 21 títulos de simples (em 46 finais disputadas), entre eles o Masters 1000 de Paris, em 2012, o principal da carreira, e sete conquistas em ATPs 500. Ferrer também já chegou a disputar uma decisão do ATP World Tour Finals, em 2007, perdendo para Roger Federer. Neste ano, foi campeão do ATP 250 de Buenos Aires e vice-campeão do Masters 1000 de Cincinnati e dos ATPs de 500 de Hamburgo e 250 de Viena. Além disso, chegou à histórica marca de 600 vitórias na carreira, feito que apenas Federer, Nadal, Djokovic e Hewitt têm, entre os jogadores em atividade.
"É uma satisfação enorme ter o Ferrer de volta no Rio Open. Já é nossa segunda grande estrela confirmada, ao lado do Nadal, é um vice-campeão de Roland Garros e que está entre os 10 melhores do mundo desde 2010. Sem dúvida ele é um dos maiores exemplos de longevidade, garra e superação,” comentou Luiz Carvalho, Diretor do Torneio.
Em 2015, a competição ganha mais uma quadra de saibro, passando para um total de nove. Sendo uma delas, o estádio central com capacidade para 6.200 pessoas. Assim como na primeira edição, além dos jogos, haverá uma área interativa, o Leblon Boulevard, com diversas atrações para o público, com stands, lojas e uma Praça de Alimentação. A expectativa da organização é superar o público da primeira edição, que foi de 50 mil pessoas presentes.