Translate

domingo, abril 26, 2015

Rexona conquista deca da Superliga em despedida de Fofão


Título veio em dia de despedida e marca
histórica(Foto: Bruno Avilla)
Dez vezes Rexona-AdeS, assim podemos dizer, pois o título veio com o ponto final na final da Superliga 14/15, no triunfo por 3 sets a 0 diante do Molico, na Arena HSBC, O decacampeonato da competição conquistado,pelo time do Rio de Janeiro.
 
Fofão também viveu momentos de emoção na festa do título. A levantadora recebeu da patrocinadora da equipe e detentora das marcas Rexona e AdeS, um quadro com uma camisa sua autografada por toda a equipe e não conseguiu sequer fazer um discurso de agradecimento devido à emoção. Coube a Bernardinho e Fabi tomarem a frente e homenagearem mais uma vez a multicampeã.
 
“A Fofão é um exemplo. Dentro de quadra e fora dela. Manter a humildade, reconhecer a importância do trabalho e do grupo depois de toda uma carreira vitoriosa é incrível. Se tem uma jogadora que merece essa chave de ouro em sua carreira é ela. Mas uma chave de ouro nacional, pois temos a versão internacional, com o Mundial que virá em seguida. Ainda temos 15 dias para aproveitar a convivência com esse exemplo de atleta e terça-feira já estaremos juntos treinando”, disse Bernardinho.
Torcida prestou sua homenagem a Fofão(Foto: Bruno Avilla)
 
A líbero Fabi, representando as jogadoras, seguiu a mesma linha do técnico e fez questão de lembrar o quanto será importante para todas as atletas do elenco ter compartilhado momentos como o deste domingo com Fofão.
 
Antes da celebração, ainda no ginásio, Fofão fez questão de mostrar sua felicidade por ter conquistado mais um título, ainda mais em sua última partida como profissional no Brasil. No entanto, com o espírito de grupo que sempre teve ao longo da carreira, fez questão de enaltecer o grupo e o projeto Rexona-AdeS.
 
“É importantíssimo ter jogadoras com espírito de grupo, que valorizem o trabalho duro. E ao longo dos anos temos conseguido montar times com esse perfil. Isso faz toda a diferença nos momentos decisivos. A entrega ao trabalho e a dedicação são fundamentais. Além disso, mantemos uma base no elenco. Temos jogadoras que já estão conosco há muito tempo. Elas mesmas já passam para as que chegam a nossa metodologia de trabalho. Isso gera uma consistência. A força a mais vem daí e das atitudes corretas que elas tomam em prol da equipe”, finalizou o treinador.