Translate

quinta-feira, janeiro 22, 2015

Bia Maia ganha convite para jogar a chave principal do Rio Open

Assim como no ano passado Bia estará
no Rio Open(Foto: Divulgação)
O Rio Open terá  mais uma brasileira na chave principal do WTA International. Beatriz Haddad Maia, de apenas 18 anos e segunda tenista do Brasil mais bem colocada no ranking mundial, se junta a Teliana Pereira na busca pelo título do maior torneio de tênis da América do Sul, que tem simultaneamente a disputa de um ATP World Tour 500. Organizado pela IMX, o Rio Open acontece de 16 a 22 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, com premiação de U$ 1,5 milhão para os homens e U$ 250 mil para as mulheres.



Bia Maia chegará ao Rio Open em condições bem diferentes do ano passado. Atual 237ª na WTA, a sua melhor posição até hoje, a paulista terminou a temporada 2014 com bons resultados em torneios ITF (vice-campeã em Merida e semifinalista em Merida 2) e inicia 2015 motivada com as mudanças que fez na carreira e para jogar o Rio Open.



“Estou muito feliz com esse convite e com muita vontade de jogar cada ponto, com raça, de me entregar 100%, aproveitar essa oportunidade e mostrar que mereço estar ali. No ano passado, claro que fiquei feliz, mas estava muito emocionada. Era o meu primeiro jogo depois de quase 7 meses sem jogar, tive cãibras, estava sem ritmo. Este ano vai ser diferente. Venho muito mais forte e confiante e muita agradecida ao Lui Carvalho por me dar novamente essa oportunidade”, comentou Bia Maia.



A tenista natural de São Paulo, com residência em Santa Catarina, passou a treinar, há poucos meses com Marcus Vinicius Barbosa, o Bocão e com Felipe Reis. Viaja para todos os torneios com um dos dois treinadores e conta que a principal mudança foi emocional. “Estamos trabalhando muito mais do que apenas o jogo. O emocional e a respiração – Gyrotonic – são trabalhos profundos que venho fazendo e estou sentindo a diferença.”



“A Bia realmente é merecedora de um convite para a chave principal. Acompanho a carreira dela desde que ela era muito jovem e acredito que esteja pronta pra agarrar essa oportunidade, ir longe no Rio Open e logo ficar perto da Teliana e se firmar entre as 100,” disse Luiz Carvalho, o Diretor do Torneio.



Apesar da pouca idade, Bia já tem um currículo respeitável. Aos 15 anos venceu seu 1o torneio profissional de duplas. Um ano mais tarde ganhou outros dois troféus de duplas e o primeiro de simples. Hoje, tem no total 4 títulos ITF de simples e 4 de duplas, além de uma vitória no WTA de Florianópolis.