Translate

segunda-feira, julho 15, 2013

Com Petkovic no banco de reservas, Flamengo conquista o Mundial de futebol de 7 sobre o Fluminense


Após ser dúvida até o último minuto, Petkovic apareceu em campo, mas sentindo muitas dores o ídolo Rubro-Negro não entrou e viu do banco de reservas o Flamengo conquistar o Mundialito de clubes de futebol de 7 nos tiros livres (shoot-outs) sobre o Fluminense.

Emocionante, assim podemos definir essa eletrizante partida que logo aos dois minutos já tinha nos pés de Dabá a chance de abrir o placar, após dividida com o goleiro Rafael Banha.

Aos nove minutos, Victor Boleta perdeu mais uma chance rubro-negra ao chutar muito próximo do travessão, mostrando a superioridade do Flamengo no início da partida.
Flamengo comemora título do Mundial de Clubes de futebol 7 (Foto: Mírian Barbosa)

Somente aos 12, o Fluminense teve a sua primeira oportunidade, André entrou sozinho, mas tocou para fora na saída de Diego. Ganhando campo o Tricolor atacou três minutos depois com André Beier, chutando de média distância o atacante mandou pela linha de fundo.


Washington entrou em campo e três minutos depois protagonizou junto de Rogério Corrêa um momento não muito comum no futebol de 7, o zagueiro e o atacante trocaram empurrões e foram advertidos com cartão amarelo.


No último lance do primeiro tempo, o Fluminense teve a chance de ir parao intervalo com a vantagem no placar, Barreto ficou na cara do gol, no entanto desperdiçou ao chutar para fora.


No retorno ao segundo tempo, novamente o Flamengo começou ditando o ritmo, Felipe Facão chutou na entrada da área, mas o Flu foi salvo mais uma vez por Rafael Banha. O Fluminense deu o troco com Barreto aos 11 minutos que partiu em velocidade bateu pro gol, mas Diego defendeu


O Flamengo voltou para o segundo tempo mais animado. Aos quatro, Felipe Facão chutou da entrada da área, e Rafael Banha salvou o Flu. Aos nove, Mikimba foi lançado na frente, mas Dudu travou o ala rubro-negro no momento da conclusão. A resposta do Fluminense veio aos 11, quando Barreto arrancou em velocidade e bateu em gol. Diego fez a defesa.


Washington e Rogério Corrêa travaram um duelo à parte (Foto: Mírian Barbosa)

O tempo passava e dava sinais de que a partida caminhava para os tiros livres, aos 14 minutos, o Flu mais uma vez finalizou, dessa vez com Miranda que viu Diego defender milagrosamente jogando para escanteio. Na cobrança do lance livre, Washington fez sua jogada mais perigosa ao pegar de primeira e chutar rente à trave.


Dabá recebeu na área aos 22 minutos e tentou tirar do goleiro tricolor, mas a bola saiu pela linha de fundo. Faltando dois minutos para terminar o jogo ganhava contornos de dramaticidade extrema, os jogadores se esforçavam muito na busca do gol do título e em uma última investida Rubro-Negra, Felipe Facão bateu na esquerda de Rafael Banha que ficou somente olhando a bola sair.


No shoot-outs, o Flamengo confirmou o título ao fazer 3 a 2 com gols de Alan, Rafael e Victor Boleta.

Pelo Fluminense apenas Caio Cezar e Daniel converteram suas cobranças.


Escalações:

Flamengo: Diego, Rogério Corrêa, Victor Boleta, Dabá, Roni, Felipe Facão e Mikimba. Entraram: Charles, Alan, Daniel, Chumbinho, Rafael, Dias, Paulista, Ricardinho, Rafinha, Thiago, Marcelinho, Petkovic e Helcinho. Técnico: José Moraes


Fluminense: Rafael Banha, Paulinho, Dudu, André, Marquinhos, Caio Cézar e André Beier. Entraram: Luiz, Robinho, Miranda, Barreto, Daniel Araújo, Vini, Washington, Vitinho, Daniel Miranda, Maicon e Luquinhas. Técnico: Diogo Durão.