Translate

quarta-feira, janeiro 22, 2014

Pontos turísticos cariocas inspiram na criação de prêmio do Rio Open de Tênis

Troféu masculino (Foto: Divulgação)
Os desejados troféus do Rio Open, o maior torneio de tênis da América do Sul, já estão prontos. O evento manteve a tradição de premiar os campeões com peças assinados por joalherias renomadas ao redor do mundo e convidou o designer Antonio Bernardo para criar o símbolo máximo da competição. O Rio Open acontecerá no Jockey Club, de 15 a 23 de fevereiro, com a presença de tenistas de destaque do circuito mundial, como os espanhóis Rafael Nadal e David Ferrer, números 1 e 3 do mundo.
Inovador, criativo e premiado, o carioca Antonio Bernardo dedicou cerca de dois meses à criação de dois troféus (um para o torneio masculino e outro para o feminino) com traços e marcas que representam o cenário do Rio de Janeiro.

Troféu feminino
(Foto: Divulgação)
“Tenho usado malhas tridimensionais nas minhas últimas criações. Percebi o quanto eram parecidas com a rede de tênis e fui buscar um elemento de identificação com o Rio. Chegamos ao símbolo máximo da Cidade, o Pão de Açúcar. Explorando o movimento, a ondulação, chegamos ao resultado esperado: a malha, o morro, a bola”, conta o designer carioca.

O Rio Open é o único torneio da região a reunir disputas simultâneas de um ATP 500 e um WTA International. As competições serão realizadas nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro.  A premiação será de US$1,3 milhão para ATP e US$ 250,00 mil para WTA.
Na disputa pelo título do maior torneio de tênis da América do Sul, os tenistas Nicolas Almagro, Fabio Fognini, Tommy Robredo, se juntam a Rafael Nadal e David Ferrer. A italiana Francesca Schiavone, campeã de Roland Garros em 2010, é um dos destaques da lista da WTA, ao lado da russa Vera Zvonareva. Entre os brasileiros, destaque para a participação de Thomaz Bellucci e Teliana Pereira, nas simples, e Bruno Soares e Marcelo Melo, nas duplas.