Translate

terça-feira, fevereiro 10, 2015

Equipe Ribeiro/Juquinha se destaca no 1ºCampeonato Brasiliense de Jiu-jítsu de 2015



Por Jordana Guerra

Luta de faixa preta(Foto: Jordana Guerra)
A Capital Federal, mais precisamente no Ginásio do Cruzeiro, foi no último domingo o palco do Campeonato Brasiliense de Jiu-jítsu, evento realizado pela Federação Brasiliense da modalidade.

O teve grande procura por parte dos lutadores, mas em especial os principais atletas que despontam nas primeiras posições do ranking nacional. Este que foi o primeiro evento do ano,  e já de primeira um público que lotou o ginásio, e  pode acompanhar lutas emocionantes que segurou o público até o anoitecer mesmo com chuva.


Entre os atletas que tiveram destaque na competição, tivemos o atleta Marcone Muniz, faixa preta de jiu-jítsu da equipe Ribeiro/Juquinha e atleta profissional de MMA da equipe MGuerra na categoria peso mosca, ele conquistou a medalha de ouro dos faixa preta, categoria master peso pena, após luta disputada que desfavorável, porém ele virou o jogo e finalizou seu oponente com um katagatami.
A academia Ribeiro/Juquinha se destacou
no brasiliense de jiu-jitsu 2015
(Foto: Jordana Guerra)


Outro destaque do MMA nacional, na categoria peso leve da equipe MGuerra que participou da competição foi Luciano Palhano, faixa de preta da equipe Ribeiro/Juquinha que faturou o terceiro lugar na categoria meio pesado.

Na categoria dos pesadíssimos, Gabriel Costa, que coleciona vários títulos no jiu jitsu como Campeão Brasileiro de Kimono, Campeão Brasileiro sem Kimono, terceiro colocado na seletiva WPJJC e terceiro colocado na categoria e absoluto do Open Rio, após enfrentar lutas duríssimas, se superou em vários momentos durante o combate levando a medalha de ouro na categoria peso absoluto, arrancando gritos do público que ainda tarde da noite deste domigo permanecia no ginásio do Cruzeiro.

No peso absoluto faixa preta tivemos dois campeões, que já se encontraram na mesma chave, Gabriel Costa e Thiago Pereira da equipe Ribeiro Jiu Jitsu/Juquinha, por esse motivo a luta não aconteceu.  Eles que são amigos e parceiros de equipe fecharam o evento com a certeza do dever cumprido, Thiago, professor de Gabriel, muito orgulhoso de seu pupilo, ficou com a medalha de prata e Gabriel com a de ouro.