Translate

quinta-feira, março 21, 2013

Yane Marques e Priscila Oliveira avançam para Final da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno do Rio de Janeiro

Yane Marques foi a melhor brasileira e ficou
entre as 10 melhores (Imagem: Divulgação CBPM)

A Copa do Mundo de Pentatlo Moderno do Rio de Janeiro começou bem para os brasileiros nesta quarta-feira, 20. Na qualificação feminina, que abriu as disputas nesta que é a segunda etapa do torneio, Yane Marques e Priscila Oliveira conseguiram chegar entre as 36 melhores e garantir vaga na Final da disputa, que acontecerá na sexta-feira, 22. As pernambucanas competiram ao lado de outras 62 pentatletas de 20 países.

Além delas, o Brasil ainda esteve representado por outras seis pentatletas: Larissa Lellys, Amanda Turute, Andressa Lima, Brenna Lima, Bianca Cavalcanti e Stephany Saraiva, que não conseguiram avançar até à grande final individual feminina. 

Divididas em dois grupos, todas as pentatletas encararam a esgrima, a natação e o evento combinado de tiro e corrida no Centro Nacional de Pentatlo Moderno Coronel Eric Tinoco Marques, que fica no Complexo Esportivo de Deodoro, na Zona Oeste da cidade (o hipismo só é realizado nas finais e no revezamento misto).

Yane e Priscila ficaram no mesmo grupo, o B. A número dois do ranking mundial ficou em 10º com 3.860 pontos e a tricampeã Brasileira em 16º (3.792). Elas começaram a pontuação pela esgrima, quando Yane teve o nono melhor desempenho com 17 vitórias e 860 pontos conquistados. Priscila ficou em 23º na luta com espadas depois de vencer 13 duelos e somar 748 pontos.

Priscila é uma das classificadas que disputará
a final dia 22 (Foto: Divulgação CBPM)
Na natação, Yane nadou os 200 metros estilo livre no quinto melhor tempo, 2min15s32, somando 1.180 pontos. Priscila veio logo atrás, em sexto, com 2min15s55 e 1.176 pontos garantidos.

No evento combinado, Priscila foi a mais rápida, terminando suas séries no 11º melhor tempo, 13min53s30, e conquistando 1.868 pontos. Já Yane completou as quatro séries de 800 metros de corrida intercaladas com cinco acertos de tiro, cada, em 18º. A primeira pentatleta latino-americana medalhista olímpica fechou a prova em 14min05s10, garantindo 1.820 pontos.