Translate

domingo, maio 18, 2014

Grupo D da Copa 2014

Por: Raphael Pessanha 

O Grupo D da Copa 2014 e também considerado "o grupo da morte", tem a presença de três campeões mundiais, são eles: Uruguai, Inglaterra e Itália. As três seleções tem história, tradição, camisa e acima de tudo bons times para essa Copa. Completa o grupo a azarada Costa Rica, que não dever ter grandes aspirações em um grupo tão forte.

GRUPO D
Uruguai (5°)
Costa Rica (34°)
Inglaterra (11°)
Itália (9°)


    Uruguai: Após terminar em 5° nas Eliminatórias Sulamericanas, a Seleção Uruguaia venceu por 5x0 a Jordânia em placar agregado e se classificou para Copa 2014.
    Historicamente, Ingleterra e Itália trazem zagas fortíssimas para as Copas do Mundo. Então qual o melhor jeito para furar zagas com tal fama? O Uruguai vai tentar responder a esta pergunta, com uma dupla de ataque que vai causar pesadelos em ingleses e italianos. O ataque uruguaio formado por Luis Suárez(atual artilheiro da Premier League com 31 gols) e Edinson Cavani(artilheiro do Campeonato Italiano 12/13 com 29 gols) promete fazer bonito na Copa e para isso acontecer, o técnico Óscar Tabárez conta com uma seleção muito versátil, aonde joga em um 4-4-2 bastante simples, porém com laterais, meio-campistas e até os próprios atacantes, podendo fazer mais de uma função. O treinador ainda tem o experiente Diego Forlán(Bola de Ouro da Copa do Mundo FIFA 2010) no banco.
    A Celeste, figura em 1° entre as seleções quando o assunto são títulos internacionais oficiais, 21 no total, são eles: 2 Copas do Mundo, 2 Jogos Olímpicos, 1 Mundialito, 15 Copas América e 1 Jogos Pan-americanos. Uma das glórias mais conhecidas dos uruguaios, é a Copa de 1950, quando calaram quase 200 mil torcedores em pleno Maracanã, vencendo o Brasil de virada por 2x1. 

Time base: Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Godín e Cáceres; Arévalo, Lodeiro, Cristian Rodriguez e Stuani, Luis Suárez e Cavani.



    Costa Rica: Todos dizem que a Seleção Costarriquenha, possa ser o "saco de pancadas" da Copa 2014. Em um grupo com Uruguai, Inglaterra e Italia, o treinador Jorge Luis Pinto, vai tentar fazer um "milagre" e levar a sua equipe as oitavas da competição.
    Los Ticos se classificaram após ficarem em 2° do grupo da 4° fase das Eliminatórias da América do Norte, Central e Caribe(CONCACAF) com 18 pontos, atrás apenas dos Estados Unidos com 22.
    O técnico colombiano, leva seu time a campo com um esquema 3-5-2 muito defensivo, apostando nos contra-ataques e na mescla de gerações no ataque, com o jovem Joel Campbell de 21 anos(jogador do Arsenal emprestado para o Olympiakos) e o veterano Álvaro Saborío de 32 anos.
    A Seleção da Costa Rica, pode viver o céu ou o inferno aqui no Brasil. Caso passem de fase, chegam as oitavas com moral e confiança elevados, mas também podem não passar de um mero "critério de desempate" para as três campeãs do mundo, caso levem três goleadas e Uruguai, Inglaterra e Itália empatem em pontos, o saldo de gols feito nas goleadas, pode influenciar na classificação das três favoritas do grupo.

Time base: Keylor Navas; Giancarlo González, Bismark Acosta e Umaña; Gamboa, Yeltsin Tejeda, Bolaños, Bryan Ruiz e Oviedo; Campbell e Saborío.



    Inglaterra: Terminou como líder do Grupo H das Eliminatórias Europeias, assim classificando-se automaticamente para a Copa 2014.
    O treinador inglês Roy Hodgson, tem em mãos bons jogadores aonde pode mesclar juventude e experiência, porém o técnico vem percebendo que o "4-4-2 Inglês"(com duas linhas de 4) está ficando cada vez mais "manjado", tornado sua equipe muito previsível em campo. Roy vem experimentando no English Team o 4-4-2 mais tradicional, aonde o meio de campo é formado por um quadrado com dois volantes e dois meias armadores. Hodgson vem escalando os veteranos Gerrard e Lampard como volantes e apostando em uma dupla de canhotos como meias avançados, são eles, o criativo *Wilshere do Arsenal e o habilidoso Andros Townsend do Tottenham.
    A Seleção Inglesa foi campeã em 1966 em uma final controversa. Quando o jogo contra a Seleção da Alemanha Ocidental estava em 2x2, Geoff Hust marcou o 3° gol Inglês(na prorrogação), aonde a bola teria batido no travessão e quicado exatamente na linha do gol e não entrado, mas o árbitro validou o gol. Controvérsias a parte, a Inglaterra sagrou-se campeã do mundo e mantém uma marca interessante. Contando com esse gol discutível, Hurst é o único jogador até hoje a ter feito um hat-trick(quando um jogador faz 3 gols ou mais em uma mesma partida) em uma final de Copa do Mundo. Outra curiosidade da Copa de 1966 realizada em solo inglês, foi a criação do primeiro mascote em Copa do Mundo. O leão Willie, vestindo uma camisa do Reino Unido, foi um grande sucesso que iniciou a lista de outros mascotes carismáticos e criativos, como Naranjito em 1982 na Espanha, Ciao na Itália 1990, os "Spheriks" Ato, Kaz e Nik na Coréia do Sul e Japão 2002 ou o leopardo Zakumi na África do Sul 2010. O Brasil tem como mascote para 2014 o simpático tatu-bola Fuleco(junção de futebol com ecologia).

    Time base: Joe Hart; Walker, Cahill, Jagielka e Ashley Cole; Gerrard, Lampard, Townsend e Wilshere(Carrick); Sturridge e Rooney.
*Jack Wilshere se recupera de fratura no pé esquerdo.


    Itália: A tetracampeã(1934, 1938, 1982 e 2006) Azzurri, não passa por um de seus melhores momentos quando o assunto é o setor defensivo. O técnico Cesare Prandelli utilizará um 4-4-2, aonde terá que deslocar Chiellini para lateral esquerda e liberar o bom lateral direito Chirstian Maggio para mais investidas ao ataque, podendo mudar a "cara" do time para um 3-5-2 no decorrer da partida, sem fazer substituições.
    Prandelli conta com o entrosamento da zaga que tem a presença de Barzagli, Bonucci e Chiellini, todos do campeão Juventus, os bons passes e bolas paradas do meia Pirlo e o temperamental Mario Balotelli no ataque. Aliás, ai talvez more a definição da Itália na Copa 2014. Nunca sabe-se quando Balotelli vai ser determinante marcando gols ou prejudicial ao time criando confusões e sendo expulso.
    A Seleção Italiana saiu campeã em 2006 na Alemanha,batendo a França na final, mas foi um fiasco na Copa da África em 2010 quando caiu na primeira fase, ficando em última do Grupo F que contava com Paraguai, Eslováquia e Nova Zelândia. Mesmo com bons nomes na equipe, a Itália é uma incógnita para a Copa 2014, podendo ser protagonista do torneio ou dando adeus logo no começo. Como já disse o capitão italiano Buffon: "A Itália sempre surpreende, seja para o bem ou para o mal".

    Time base: Buffon; Maggio, Bonucci, Barzagli e Chiellini; De Rossi, Marchisio, Pirlo e Montolivo; *Giuseppe Rossi(Giovinco) e Balotelli.
* Rossi recuperasse de lesão no joelho.

JOGOS
14/6(16h)  Uruguai x Costa Rica        Estádio Castelão, Fortaleza
14/6(18h)  Inglaterra x Itália               Arena da Amazônia, Manaus
19/6(16h)  Uruguai x Inglaterra          Arena de São Paulo, São Paulo
20/6(13h)  Itália x Costa Rica             Arena Pernambucano, Recife
24/6(13h)  Itália x Uruguai                  Arena das Dunas, Natal
24/6(13h)  Costa Rica x Inglaterra    Estádio Mineirão, Belo Horizonte