Translate

sexta-feira, julho 04, 2014

Carnaval? Não. Brasil faz 2 a 1 e coloca Colômbia pra sambar

Brasileiros lotaram FIFA Fan Fest
para torcer(Foto: Mírian de Sousa)

Em um país onde se tem rei momo, rei Roberto Carlos e também o rei do futebol Pelé, não se tem o costume de perder, e os torcedores estão muito exigentes com a família Scolari.  Vale ressaltar que toda a Copa transformou um evento esportivo em um CARNAVAL PROLONGADO.
Para os brasileiros a Copa tem sido sinônimo de mais feriados, shows grátis nos espaços FIFA, onde todos os jogos são regados à praia, cerveja e um bom samba; nada diferente de uma das festas mais conhecidas no Brasil, e que acontece uma vez por ano. Festa que todos podem curtir por ser conhecida como a festa mais popular e democrática isso é o carnaval.
A FIFA e todos que estão curtindo esse evento no Brasil se renderam ao gingado brasileiro e ao costume de tudo acabar em samba, pizza e samba e mais samba...
 A seleção entra em campo com a obrigação de vencer e mostrar o futebol que ainda não conseguiu mostrar nessa Copa. As criticas tem sido em relação à falta de atuação dos grandes nomes começando pelo ataque: Fred, Jô e Neymar, joga, abaixo de suas normalidades, na zaga,  o capitão Thiago Silva um dos mais criticados, precisa manter o emocional controlado, na parte técnica dos laterais Daniel Alves e Marcelo precisam  se encontrar em campo e emocionar os brasileiros de forma positiva e não em subidas desordenadas ao ataque.
O meio de campo precisa de mais criatividade para que não seja somente dos atacantes a responsabilidade de levar a seleção às vitórias.
O jogo das quartas de final começou com a seleção brasileira marcando nos primeiros minutos de jogo, um gol dos pés de Thiago Silva, era tudo que a seleção precisava pra sair na frente e ao mesmo tempo levantar o moral de seu capitão, tão criticado durante a semana. O gol mostrou que esse jogo será diferente dos outros jogos, pois a seleção da Colômbia encontrou uma seleção firme e bastante concentrada com a formação tática 4-3-3. Porém a seleção Colombiana não se intimidou e com um jogo fechado e fortíssimo buscou a vitória. Hulk teve diversas oportunidades de gol e em algumas conseguiu a finalização. Oscar foi o jogador que mais correu no primeiro tempo, no entanto ele não criou as jogadas. Fernandinho em jogada perigosa acertou um jogador colombiano e assim como Neymar não podem abusar das faltas, perigando serem suspensos.
Ramos da Colômbia chocou-se com Thiago Silva em poucos minutos do segundo tempo.
O segundo tempo começou violento,os jogadores colombianos faziam marcações fortes nos jogadores brasileiros, e os atacantes  Fred e Neymar foram algumas das vitimas.
O zagueiro David Luiz, aliviou os corações brasileiros e marcou o segundo gol aos 22 minutos do segundo tempo em falta colocada no ângulo esquerdo do goleiro Ospina. Mas do outro lado a equipe colombiana não se dava por vencida e continuava tentando diminuir o placar.
Até que aos 32 minutos, Bacca recebeu um belíssimo passe de Rodriguez, porém foi interceptado por Julio Cesar, que fez uma saída perigosa, o que resultou em um pênalti contra a seleção brasileira. Julio Cesar recebeu um cartão amarelo após lance com James Rodriguez que resultou em penalidade, a sensação colombiana bateu e marcou em seguida na cobrança contra o gol brasileiro, diminuindo a diferença para 2 a 1.

Depois do gol convertido a favor da Colômbia, a equipe de José Pekerman seguiu dando sufoco na seleção brasileira. Por diversas vezes os colombianos chegaram com perigo ao campo de ataque e até cobraram alguns escanteios, que foram mal sucedidos. O Brasil teve uma baixa importante, Neymar levou uma joelhada nas costas de Zuñiga e teve de sair direto pro vestiário, em seu lugar entrou Henrique para ajudar a conter as investidas colombianas, com a vitória sacramentada o árbitro deu fim aos jogo e autenticou a passagem da seleção brasileira para as semifinais contra a poderosa Alemanha.