Translate

domingo, julho 27, 2014

Safety Car define 17º lugar de Negrão na Hungria. Francês Arthur Pic vence e já é 7º no geral

André Negrão fica em 17º em etapa marcada por
duas entradas do safety car (Foto:GP2 Media/MF2)
A intervenção do carro de segurança, chamado duas vezes por causa de acidentes sem maiores consequências a não ser danos materiais, comprometeu a boa atuação de André Negrão na abertura da rodada dupla do Grande Prêmio da Hungria. Neste sábado, no circuito de Hungaroring, o piloto da Arden - que partira em 20º - chegou a andar em 11º, margeando a zona de pontos, mas completou as 35 voltas em 17º. O francês Arthur Pic (Campos), terceiro no grid, soube tirar proveito das entradas do safety car para alcançar a vitória, enquanto o pole Felipe Nasr (Carlin) deslizou para 7º na bandeirada final.

Negrão largou com a versão mais dura dos dois tipos de compostos obrigatórios e escalou o pelotão na primeira parte da prova. Mas a estratégia começou a entrar em cheque com a presença do primeiro safety car, após o choque entre o japonês Kimyia Saro (Campos) e o monegasco Stéphane Richelmi (Campos). "Meu ritmo estava muito bom, parecido com o pessoal da frente. O problema foi mesmo essa bandeira amarela", lamentou Negrão.

Na parte final da corrida, já com os pneus mais macios, Negrão voltou a andar forte e estabeleceu a terceira volta mais rápida. "Foi uma pena que esses imprevistos tenham determinado o meu resultado. A verdade é que o acerto do meu carro melhorou bastante em relação às provas da semana passada em Hockenheim", disse. Neste domingo, a partir das 5h30 (Brasília), Negrão partirá da mesma colocação em que chegou hoje, enquanto a pole será ocupada pelo italiano Raffaele Marciello (Racing Engineering), beneficiado pelo sistema de grid invertido aplicado sobre as posições de chegada da primeira bateria. O SporTv transmite ao vivo.

O resultado da 13ª etapa:

1 - Arthur Pic - Campos - 35 voltas em: 1:00:18.627
2 - Stefano Coletti Racing Engineering - a 2.787
3 - Adrian Quaife Hobbs Rapax - a 3.151
4 - Takuya Izawa ART - a 3.661
5 - Jolyon Palmer Dams - a 3.828
6 - Daniel Abt Hilmer - a 5.111
7 - Felipe Nasr Carlin - a 5.190
8 - Raffaele Marciello Racing Engineering - a 5.954
9 - Stoffel Vandoorne ART - a 6.213
10 - Nathanael Berthon Lazarus - a 7.038
11 - Tom Dillmann Caterham - a 7.605
12 - Marco Sorensen MP - a 8.102
13 - Simon Trummer Rapax - a 8.398
14 - Mitch Evans Russian Time - a 8.756
15 - Conor Daly Lazarus - a 11.641
16 - Daniel De Jong MP - a 13.436
17 - André Negrão Arden - a 14.224
18 - Artem Markelov Russian Time - a 15.944
19 - Jon Lancaster Hilmer - a 16.066
20 - Rene Binder Arden - a 1 volta

Volta mais rápida: Mitch Evans - 1’32"705

Não completaram:

Rio Haryanto
Sergio Canamasas
Johnny Cecotto
Kimiya Sato
Stephane Richelmi
Julian Leal

Campeonato:

1 - J. Palmer - 178
2 - F. Nasr - 139
3 - S. Coletti - 114
4 - J. Cecotto - 100
5 - M. Evans - 92
6 - S. Vandoorne - 88
7 - A. Pic - 66
8 - J. Leal - 66
9 - S. Richelmi - 41
10 - R. Marciello - 33
11 - S. Trummer - 26
12 - R. Haryanto - 26
13 - A. Quaife-Hobbs - 26
14 - T. Izawa - 23
15 - S. Canamasas - 22
16 - T. Dillmann - 14
17 - M. Sørensen - 13
18 - A. Rossi - 12
19 - D. Abt - 9
20 - T. Ellinas - 7
21 - J. Lancaster - 6
22 - N. Berthon - 5
23 - R. Binder - 3