Translate

domingo, junho 16, 2013

Espanha vence Uruguai por 2 a 0 e empata com Itália na liderança do grupo B

Campeões mundiais ganharam o jogo e a torcida (Foto: Getty Images)

O Jogo

As seleções uruguaias e espanhola se enfrentaram neste domingo (16) na Arena Pernambuco e 19:00 em ponto começou a partida. Com uma posse de bola de 87% os espanhóis dominavam a partida com uma tática já conhecida, passar a bola e dar o bote final.
Com 19 minutos o placar foi inaugurado e foi á favor da Espanha, após escanteio, Cavani tira e a bola sobra para Pedro, que pega de primeira. O chute desvia em Lugano e engana Muslera.
Só a seleção espanhola atacava com perigo até que aos 22 minutos em uma falta para o Uruguai. Busquets derrubou Suárez matando o contra-ataque, Aos 28 a celeste quase empatou depois de uma cobrança de falta Cavani raspou a cabeça e Casillas defendeu sem problemas. Quando a os campeões mundiais somavam os 78% de posse de bola o segundo gol aconteceu. Fabregas fingiu que ia chutar e deu um belo passe para Soldado. O atacante recebeu sozinho e bateu de direta, sem chances para Muslera.
Aos 35 mais uma chance do time uruguaio, Suárez cobrou falta, a bola passou por todo mundo e sobrou para Lugano, livre de marcação. O zagueiro não conseguiu dominar e a bola saiu.
Depois o jogo ficou muito na base da marcação até terminar o primeiro tempo.

Segundo Tempo


O time uruguaio voltou com uma substituição para a segunda etapa, Oscar Tabarez tirou Gastón Ramírez e colocou Álvaro González. Como no primeiro tempo, o time uruguaio ficou todo atrás. Os mais adiantados, Cavani e Suárez, ficaram na linha do meio-campo, mas não adiantou muito recuar o time, aos 5 minutos Xavi rolou para Pedro que cruzou e Soldado de carrinho não alcançou. Apesar da mudança o jogo era exatamente o mesmo da primeira etapa e parecia que a condição dos espanhóis conhecerem o gramado fazia pouca diferença, o futebol da Fúria fazia uma partida ao seu melhor estilo.

Cavani recebeu de Rodríguez, tentou entrar na área, mas foi obrigado a voltar a bola para Pérez que tentou levantar na área e a defesa espanhola tirou. Com dificuldades de penetrar na defesa dos espanhóis, Aos 17 mais uma substituição foi feita saindo Gargano e entrando o jogador do Botafogo, Lodeiro. Após 5 minutos de colocar Lodeiro, Forlán também entrou como uma última cartada para mudar o panorama de defesa intransponível dos espanhóis o escolhido para sair foi Diego Pérez.
3 minutos depois da entrada de Fórlan duas chances foram criadas, Lodeiro tabelou com Suárez, mas foram parados com falta e um minuto depois Rodriguez mandou um chute para fora.
Aos 31 minutos a primeira substituição espanhola, Xavi saiu dando lugar para Javi Martínez, a partida seguiu com perdas de bolka uruguaia tentando o gol até que conseguiu depois de uma cobrança de falta de Luís Suárez aos 43 minutos que não deu chances para Casillas. Os uruguaios se animaram e aumentaram as investidas ao ataque buscando o gol de empate, mas sempre esbarravam na ótima defesa espanhola, os quatro minutos de acréscimo passaram e a partida terminou com a vitória espanhola por 2 a 1.

16/06/2013

Arena Pernambuco (RECIFE-PE) 
ESPANHA 2X1 URUGUAI
Árbitro:Yuichi Nishimura (JPN)
Cartões Amarelos: Arbeloa, Piqué (Espanha) Cavani, Lugano (Uruguai)
Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: 1T 19"Pedro, 1T 31"Soldado (ESP); 2T 40" Luís Suárez(URU)

ESCALAÇÕES

ESPANHA:
Casillas,Arbeloa,Sergio Ramos,Piqué,Jordi Alba;Busquets,Xavi(Javi Martínez),Iniesta;Pedro(Mata,Soldado),Fabregas.
TEC: Vicente del Bosque

URUGUAI:
Muslera,Maxi Pereira,Lugano,Godín,Martín Cáceres;Gargano(Lodeiro),Diego Pérez(Forlán),Cristian Rodríguez,Gastón Ramírez(Álvaro González),Cavani,Luis Suárez
TEC: Óscar Tabárez