Translate

terça-feira, agosto 26, 2014

Após afronta da torcida, Vasco arrancou empate com ABC no Caldeirão

Aurea Lucia Santana
Rio de Janeiro
 
Torcedores vascaínos xingam Adilson Batista de "burro"
(Foto: Ide Gomes/Agência O Globo)
Váias, ofensas e expulsões.  três palavras que resumem o primeiro jogo das oitavas de final entre Vasco e ABC. O time da virada recebeu o clube nordestino em São Januário e não agradou a torcida, que chamou o técnico Adilson Batista de "burro" no final do jogo. 

Logo no primeiro minuto da partida, o time de Natal saiu na frente com João Paulo. Somália deu um passe para o atacante que chutou de primeira no canto de Martín Silva. A zaga deu bobeira, e logo os jogadores ficaram apreensivos, pois o gol fora de casa é critério para desempate.

Mesmo com ABC colocando pressão, o cruzmaltino atacava e já assumia o jogo, e aos 21 minutos, Douglas Silva foi ao ataque e passou a bola para Kléber, que estava dentro da grande área, e deu um chute forte do lado esquerdo do goleiro Gilvan.

No segundo tempo não houve gols, mas teve dois cartões vermelhos nos últimos minutos da partida, um para cada lado. Fabrício foi expulso pela equipe cruzmaltina após fazer uma reclamação dura com o bandeirinha. E Lúcio Flávio para o ABC, depois de ter feito uma falta por trás em Guiñazu.

As duas equipes de enfrentam novamente na mesma fase eliminatória, o jogo acontecerá na próxima terça-feira, às 19:30hr na Arena das Dunas.