Translate

quinta-feira, agosto 14, 2014

Todo pimpão, América-RN elimina Fluminense da Copa do Brasil em pleno Maracanã

Aurea Lucia Santana
Rio de Janeiro
Rodrigo Pimpão comemorando gol que
classificou o América-RN(Foto: Roberto Filho/AE)


O tricolor não se classifica para a próxima fase da Copa do Brasil. O Fluminense foi derrubado pelo América-RN, que fez um segundo tempo brilhante no Maracanã. O clube nordestino consegue uma classificação heroica em solo carioca.

O primeiro gol da noite foi marcado por Marcelinho. Em uma bobeira da zaga do Fluminense, o lateral aproveitou a bola na entrada da grande área, driblou os jogadores tricolores, e deu um belo chute para o gol, sem chances para Cavaliere. 

O Fluminense teve maior posse de bola e mais oportunidades durante a primeira e etapa, e em um dos ataques, Fred recebeu uma bela passe de Cícero e chutou para a rede na saída do goleiro Fernando Henrique, fazendo o primeiro gol do Flu e o primeiro gol pós Copa do Mundo. 

O segundo gol do Flu saiu aos 36 minutos, após Fernando Henrique salvar a bola de Chiquinho, Cícero, que estava dentro da pequena área, aproveitou o rebote do goleiro e colocou pra dentro do gol. 

Em entrevista no final do primeiro tempo, Fred revelou que estava sentindo dores após um choque de joelho e na volta para o segundo tempo é substituído por Walter.

O América fez duas substituições, e parece que fez logo efeito, pois logo no início da segunda etapa, o time de Natal voltou com tudo. O atacante Max recebeu sozinho no ataque e chutou na saída do goleiro tricolor, deixando tudo igual no Rio de Janeiro.

Jogando melhor, o América foi criando diversas oportunidades durante o jogo e aos 30 minutos, após uma falha de Diego Cavaliere, Alfredo aproveitou e marcou o terceiro gol do clube. O atacante do alvirrubro estava inspirado e marcou mais um aos 37 minutos, após a bola colocada de cabeça na trave por Mário Passos, a bola ficou com Alfredo jogou no fundo da rede.

Com o placar de 4x2 a favor do time nordestino, a torcida do América ainda acreditava na classificação para a próxima fase da Copa do Brasil, e justamente aos 45 minutos Rodrigo Pimpão concretizou o que estava em sonho. Pimpão foi em uma velocidade roubando a bola e jogou na saída de Cavaliere.