Translate

quarta-feira, agosto 13, 2014

Com gol meio "sem querer", Vasco garante a vitória e é o vice líder da Série B do Brasileiro

Aurea Lucia Santana
Rio de Janeiro

 Em um lance desajeitado, Dakson comemora
gol feito(Foto: Aldo Carneiro/LANCE!Press)

Para os vascaínos, somente a vitória interessava. Pois com os pontos que iriam conseguir na partida ganha, seria o suficiente para ficarem na zona de classificação para a série A. E foi o que aconteceu. O cruzmaltino jogou contra o Náutico, na Arena Pernambuco em um jogo válido pela quinta rodada (que foi adiado por causa da greve dos Policiais Militares de Recife no mês de maio). 

Com o placar apertado, o único gol da partida aconteceu no início do primeiro tempo, aos 5 minutos Dakson é privilegiado. Após uma furada do companheiro de clube Aranda, e uma ajudinha de Mário Risso, o meia acerta chuta para o fundo da rede.

E se com onze jogadores já estava complicado de sair o gol para o lado do Timbu, com um a menos ficaria mais difícil, e foi o que aconteceu. Cañete, que entrou no início do segundo tempo, simulou pênalti e levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com o resultado, o Vasco dorme tranquilo na segunda posição. Em situação inversa, o Náutico está em uma situação incomoda, pois é o décimo quinto, a dois pontos do Oeste, primeiro time na zona de rebaixamento.