Translate

quinta-feira, setembro 05, 2013

Chegou a hora! Carioca embarca para Barcelona e disputará a final mundial do Red Bull Skate Arcade

Humberto representará o Brasil em Barcelona
(Foto:
Pablo Vaz / Red Bull Content Pool)
O carioca Humberto Peres embarca, nesta quinta-feira, para a última fase do Red Bull Skate Arcade, que acontece no sábado (07.09), em Barcelona, na Espanha. O jovem, de 20 anos, será o representante brasileiro na final mundial da competição e enfrentará atletas de outros 16 países de três continentes diferentes na disputa pelo título de melhor skatista amador do mundo.
Considerada a meca do skate street pelos praticantes do esporte, a cidade catalã será o placo da grande decisão. A disputa começa no Museu de Arte Contemporânea (MACBA), onde os 17 finalistas disputam 15 vagas para a fase seguinte, que acontece no Moll de la Fusta. Localizado na zona portuária da cidade, o Museu Marítimo é um dos pontos mais frequentados pelos skatistas locais.

Os cinco melhores se classificam para a última fase, que acontece em Tibidabo. Com 512 metros de altura, o local é o ponto mais alto da Serra de Collserola e é conhecido por ter uma das vistas mais belas de Barcelona.

Campeão da Copa Rio de Skate e também do Crail Best Grind, Humberto promete entrar com tudo na disputa. "Vou chegar lá muito focado na competição, pois agora estou representando o Brasil. Vou andar muito mais do que andei em Madureira", prometeu o skatista que superou os 12 finalistas da disputa nacional, realizada na Zona Norte carioca, além de outros 1100 atletas que mandaram vídeos pela internet.



Skatista comemora vaga na decisão mundial
(Foto:
Pablo Vaz / Red Bull Content Pool)
Criado em 2012, o Red Bull Skate Arcade é uma competição que simula os jogos virtuais, em que os participantes tem que ir avançando de fases que aumentam de nível gradativamente.
Saiba quem são todos os finalistas da Final Mundial:
Humberto Peres (Brasil)
Matías dell Olio (Argentina)
Kevin Vu (Bélgica)
Ignacio Tapia (Chile)
Juan Pablo Vélez (Colombia)
Rain Lindemann (Estonia)
Tomás Colussi (Guatemala)
Chak Fai (Hong Kong)
Simone Odolini (Itália)
Geonhoo Kim (Coréia)
Maksim Feofilov (Letônia)
Douwe Macare (Holanda)
Fredik Winsents (Noruega)
Alfaro Bredio (Panamá)
Jacek Ostaszewski (Polônia)
Jorge Simoes (Portugal)
Joan Galcerán (Espanha)