Translate

quinta-feira, março 27, 2014

Concentração para a libertadores


     A Cabofriense recebeu o Flamengo para a primeira partida da semifinal da taça Rio em um Maracanã entregue às moscas com pouco mais de 5.000 torcedores. O Flamengo tem a vantagem de dois empates por ter sido o campeão da taça Guanabara.

    Logo no começo da partida, aos 2minutos, João Paulo recebeu dentro da área e chutou forte de esquerda, Luis Cetin espalmou para escanteio, 9 minutos depois Éberson recebeu boa bola de Keninha, o camisa 10 inverteu para Daniel Tijolo que soltou uma bomba na trave esquerda de Felipe, aos 14 Éberson recebeu de Leandro e chutou para longe do gol de Felipe, mas é o Flamengo que abriu o placar em bom cruzamento de João Paulo da esquerda na cabeça de Hernane, o centroavante acertou a trave e no rebote Everton empurrou para as redes da Cabofriense com 17 minutos cronometrados, a Cabofriense tentou o empate com Éderson que recebeu dentro da área de Leandro e chutou para Felipe mandar para escanteio aos 28 minutos, 4 minutos depois escanteio para o Fla que acaba em bate rebate na área da Cabofriense e no rebote Samir mandou por cima do travessão, o tricolor praiano chegou novamente aos 38 com Keninha que cruzou, a bola passou por Fabrício Carvalho, chegou a Éderson que ajeitou para Jardel, o volante chutou forte mas Felipe espalmou para escanteio. O último lance veio a 4 minutos do fim com Luis Antônio batendo falta da esquerda, Cetin desviou, a bola tocou a trave e sobrou para Hernane que bateu para fora. O 1° tempo terminou com o rubro-negro em vantagem de 1x0 no placar.

    O 2° tempo começou com pressão do Fla, logo no 1° minuto Luis Antônio chutou a bola pegou na zaga e subiu, mais 3 minutos foram o suficiente para o Fla ampliar, Hernane recebeu bom passe, tocou de primeira para Paulinho, o atacante bateu na saída do goleiro e fez 2x0. O segundo gol do urubu foi um banho de água fria para o time de Cabo Frio que não conseguia mais sair para o jogo, aos 18 Digão chutou cruzado e Hernanes chegou atrasado não conseguindo desviar para o gol, após 10 minutos o Fla faz mais um com Alecsandro de cabeça em escanteio cobrado por Paulinho, 2 minutos depois, Alecsandro recebeu dentro da área, bateu com firmeza mas a bola pegou na trave e foi para fora, o último lance do jogo também foi rubro-negro, faltando 1 minuto para os 45, Amaral chutou de longe a direita do gol de Cetin. Fim de partida com o Fla abrindo boa vantagem de 3x0 sobre a Cabofriense.

    Com a boa vantagem conseguida, o Flamengo ganhou uma certa tranquilidade para a segunda partida da semifinal e a chance de aumentar a concentração para a partida contra o Emelec do Equador no dia 2 de abril pela libertadores, já ao time de Alexandre Barroso, resta o foco em treino para a próxima semifinal para entrar em campo com a mentalidade de que não vai apenas cumprir tabela e sim brigar pela vaga na final.