Translate

segunda-feira, março 31, 2014

Equipe paralímpica brasileira de Halterofilismo embarca nesta terça-feira, dia 1º, para Mundial da categoria em Dubai

Nove atletas brasileiros embarcam nesta terça-feira, 1º, para a disputa do Campeonato Mundial de Halterofilismo Paralímpico, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A competição, que será disputada de 5 a 11 de abril, no Dubai Club para Deficientes, é a mais importante da temporada.

A competição é realizada a cada quatro anos e a última edição foi em Kuala Lumpur, na Malásia, em 2010. Em Dubai, serão cerca de 600 atletas de mais de 60 países disputando medalhas. O Brasil nunca subiu ao pódio nesta modalidade.

O grupo verde-amarelo começou a ser definido em novembro do ano passado, durante o Aberto Internacional, disputado em Fortaleza (CE). Os atletas que atingiram o índice estabelecido pela comissão técnica foram convocados para uma semana de treinamento em Uberlândia (MG), em janeiro. No Triângulo Mineiro, tiveram que repetir o feito da capital cearense para confirmar a vaga na seleção. Aqueles que mantiveram o nível técnico ou aumentaram seus índices ganharam o direito de participar do Aberto Internacional da Hungria, em janeiro, e fizeram bonito: foram seis medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e uma de bronze.

Para um dos técnicos da seleção, Valdecir Lopes, começar a formação do grupo já em novembro foi muito importante para o desenvolvimento dos atletas. “Estipulamos um trabalho de metas e os próprios atletas se cobraram mais. Tudo isso, somado ao contato entre nós, técnicos, e eles [atletas] foi importante nesta fase”, ressalta o treinador.

Outro fator que ajudou na formação e preparação da seleção foi o desempenho de seis dos selecionados no torneio da Hungria. “Tínhamos seis atletas lá e todos medalharam. Isso aumentou a confiança deles até nos treinamentos. Acredito que isso alavancou o nível de todos”, completou.

Ao grupo que foi à Hungria para a competição em janeiro, foram somados Rodrigo Marques, dispensado da competição húngara por motivo de saúde; e outros dois atletas juniores: Mateus Silva, de 16 anos, e Rafael Vansolin, 19. “Decidimos levá-los para Dubai porque estão evoluindo muito, apesar da pouca idade”, justificou Felipe Dias, coordenador da modalidade no Comitê Paralímpico Brasileiro e chefe de delegação em Dubai.

Veja lista dos convocados para o Campeonato Mundial
- Bruno Pinheiro Carra (Aesa/Itu)
- Emerson Júnior Barbosa (Aesa/Itu)
- Evânio Rodrigues da Silva (Aesa/Itu)
- Josilene Alves Ferreira (ADFEGO/GO)
- Márcia Cristina de Menezes (Adefil/PR)
- Maria Luzineide Santos de Oliveira (Asdef/PB)
- Mateus Assis de Silva (Uberlândia/MG)
- Rafael da Silva Bomfim Vansolin (Uberlândia/MG)
- Rodrigo Rosa de Carvalho Marques (Uberlândia/MG)