Translate

quinta-feira, abril 17, 2014

27 vezes campeã, Poliana Okimoto se prepara para mais um Maria Lenk

Poliana conquistou 68 medalhas em 18 participações
na competição(Foto: Satiro Sodré)
Atual campeã mundial nos 10K da Maratona Aquática e eleita pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a melhor atleta do País em 2013, Poliana Okimoto tem um novo desafio pela frente: a disputa do Troféu Maria Lenk, que será realizado entre os dias 21 e 26 de abril, em São Paulo. Especialista em provas de longa distância, onde foi nominada a principal maratonista da temporada passada pela Federação Internacional de Natação (Fina) e única brasileira com seis medalhas em campeonatos mundiais que envolvem modalidades olímpicas, a paulista chega ao principal torneio de piscinas do Brasil defendendo os recordes nacionais dos 1500m em piscina longa (olímpica) e dos 800m e 1500m em piscina curta (semi-olímpica). 
Na edição deste ano, a nadadora vai competir nos 400m, 800m, 1500m, na maratona 5K (que entra na competição pela primeira vez, mas não contará pontos) e, talvez, no revezamento 4x200m livre.  De acordo com a atleta, a expectativa é grande. “Como sou uma nadadora especialista em maratonas, sempre trabalhamos especificamente para as provas mais longas, mas meu treinador, Ricardo Cintra, sentou comigo para readaptarmos alguns treinamentos visando as provas na piscina. Mesmo tendo pouco tempo de trabalho até o campeonato, acreditamos que temos condições de ir muito bem”, analisa a atual campeã mundial dos 10K. 
Apesar de ser especialista em maratona e considerada a melhor do mundo da modalidade no momento, Poliana Okimoto também apresenta um currículo vitorioso nas piscinas. E as conquistas começaram bem cedo. Em 1996, quando ainda tinha 13 anos, foi a nadadora mais jovem a ganhar uma medalha em um campeonato brasileiro absoluto ao ficar com o bronze nos 800m durante o Troféu José Finkel. No ano seguinte, novamente na competição, entrou para a história do esporte nacional ao tornar-se a atleta mais nova a conquistar o ouro nos 800m. Em toda a sua carreira, Poliana conquistou 27 títulos no Maria Lenk / Finkel (incluindo atletas estrangeiras), foi 39 vezes campeã brasileira e conquistou 68 medalhas no brasileiro absoluto. 
Abaixo, segue o gráfico com o histórico de Poliana Okimoto no Troféu Maria Lenk / Finkel.
De acordo com a atleta, por toda essa história o Maria Lenk tem um sabor especial. “"Eu sempre amei natação e comecei bem cedo. Essas primeiras medalhas representaram muito e me deram ainda mais força para seguir no esporte e construir uma carreira vitoriosa. Por isso mesmo gosto de participar do Maria Lenk porque lembro do começo da minha carreira e de tudo o que passei para chegar até aqui”, afirma. 
Em 2014, além do Maria Lenk, Poliana Okimoto tem como prioridade a Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas. Após duas etapas disputadas, a nadadora conquistou o título na Argentina, ficou com o vice-campeonato no México e lidera o ranking da competição, com 38 pontos. Até o fim do ano, haverá mais seis etapas: Setúbal, em Portugal, 28 de junho; Lac St Jean, 24 de julho, Lac Magog, 31 de julho, e Lac Megantic, 9 de agosto, todas no Canadá; Chun’an, na China, 12 de outubro, e Hong Kong, no dia 18 de outubro.