Translate

sábado, abril 19, 2014

As estrelas virão ao Brasil

Por: Raphael Pessanha

Faltam apenas 47 dias para ter início a Copa do Mundo 2014, que será realizada em solo brasileiro. Nosso povo terá o privilégio de acompanhar as maiores seleções do mundo, com uma imensa lista de craques. São eles: Iniesta(ESP), Rooney(ENG), Pirlo(ITA), Falcão García(COL), Samuel Eto'o(CAM), Cavani(URU), Ozil(ALE), Robben(HOL), Neymar(BRA), entre outros. É verdade que astros como o galês Bale e o sueco Ibrahimovic estarão de fora da festa, mas em compensação, os três últimos finalistas do prêmio Fifa melhor do mundo estarão aqui. Confira a seguir uma breve ficha de cada um deles.

    Cristiano Ronaldo(Seleção Portuguesa/Real Madrid): Do desconhecido Clube de Futebol Andorinha de Santo António até o poderoso Real Madrid, CR7 coleciona gols, títulos e fãs por onde passou. Exemplo disso foi sua passagem pelo clube inglês, Manchester United, aonde em 2003, o então técnico, Sir Alex Ferguson, enxergou um enorme talento no garoto Ronaldo do Sporting Lisboa e pediu sua contratação para substituir nada menos que, o badalado inglês David Beckham. O português herdou a camisa 7, mas foi muito além disso, conquistando inúmeros títulos pelo Manchester, chegou a ganhar o Prêmio Fifa de melhor jogador do mundo 2008 e a Bola de Ouro no mesmo ano(tornando-se o primeiro jogador do United a ganhar tal prêmio depois de 40 anos, após George Best). Em 2009 o Real Madrid desembolsou cerca de 94 milhões de euros para contar com o jogador em seu elenco. E o português não decepcionou, se ainda não conquistou a Liga dos Campeões pelo time Merengue, por outro lado já é o 4° maior artilheiro da história do clube, ultrapassando nomes como, Gento, Santiago Bernabéu, Hugo Sánchez e Puskás, tendo uma incrível média de gols por temporada. Cristiano é o atual vencedor do Prêmio de melhor jogador do mundo, dado pela Fifa e desembarca com tal status no Brasil para tentar levar Portugal a um título inédito.

    Lionel Messi(Seleção Argentina/Barcelona): Embora Cristiano Ronaldo seja o atual
detentor da Bola de Ouro Fifa, o argentino é o jogador mais esperado por todos para está Copa. O seu estilo de jogo arrojado e sua técnica, velocidade, dribles e monstruosa vocação para o gol, tornaram Leo alvo de comparações com os maiores do planeta, chegando a aparecer em listas com, Pelé, Maradona, Di Stéfano, Puskás, Cruyff, Beckenbauer e Guarrincha. De 1995 a 2000, Messi foi do Newells's Old Boys, até o diretor desportivo do Barça, Carles Rexach, o ver em ação e levá-lo para o clube catalão. Frase de Carles Rexach sobre Messi: " Eu o contratei em 30 segundos! Ele me chamou muita atenção. Em meus 40 anos de futebol, jamais havia visto coisa semelhante. De cinco situações de gol, converteu quatro. E tem uma habilidade excepcional. Me lembrou o melhor Maradona. Seu primeiro contrato eu assinei, simbolicamente, em um guardanapo. Queria contratá-lo o quanto antes. Não podia deixá-lo escapar."

    Lionel Messi possui inúmeros títulos com o Barcelona e coleciona prêmios individuais, os mais importantes são as Bolas de Ouro da Fifa(2009,2010,2011 e 2012). Com a seleção Argentina, conquistou o ouro Olímpico em Pequim 2008, mas lhe falta a Copa do Mundo, título que buscará esse ano em nosso país.

    Franck Ribéry(Seleção Francesa/Bayern de Munique): O 3° colocado da Bola de Ouro Fifa 2013(mas não menos importante), tentará levar França ao segundo título de Copa do Mundo. Ferraribéry, como foi apelidado por sua enorme velocidade, começou no Boulogne da França e hoje joga pelo Bayern de Munique da Alemanha, aonde foi campeão de tudo que disputou na última temporada, Copa da Alemanha, Campeonato Alemão, Liga dos Campeões da UEFA, Supercopa Europeia e Copa do Mundo de Clubes da Fifa. Além do 3° lugar na Bola de Ouro da Fifa 2013, o francês possui outros prêmios individuais, aonde aparecem com destaque: Jogador do Ano na Bundesliga 2008, Time do Ano da UEFA 2008 e 2013, Melhor Jogador da Europa 2012/2013, Equipe do Ano do jornal L' Équipe 2013, entre outros. Zinedine Zidane, um dos maiores jogadores franceses, senão o maior, já chamou Ribéry de "A joia do futebol francês".